25 março 2012

Roadtrip na Califórnia

De volta! Para os que não sabiam, eu estava me aventurando pela Califórnia com minha esposa Rebeca e mais um casal de amigos nossos, o Cláudio e a Rachel. Ficamos 15 dias lá e fizemos uma roadtrip de motorhome. Saimos de Los Angeles para o norte, em direção ao Parque Nacional de Yosemite, viramos pra oeste em direção à costa e descemos de volta para Los Angeles, passando por San Francisco, Santa bárbara e outras cidadezinhas menores e ainda mais bonitas. Vou contar um pouco com ajuda das fotos.

Em Los Angeles fizemos uma programação mais turística e consumista. Foi aqui que torramos a bufa fizemos a maior parte das compras.



Isso é no Groove. Um shopping a céu aberto muito simpático. Tem um chafariz central com mesinhas em volta e passa um bonde por dentro do shopping. 







Nós fomos no Six Flags, um parque de montanha russas que acabei não fotografando. Essa foto de baixo é em homenagem ao fotógrafo do parque, que insistia em que fizéssemos essa cara de surpresa olhando para as nossas mãos para ele fotografar (devia ser para alguma montagem estranha que acabamos nem vendo).




Isso é em Malibu.








E isso em Santa mônica. Nesses dois lugares, passamos rápido. Ainda tinhamos que abastecer o motorhome antes de pegar a estrada.













Como o motorhome é um caminhão de tão grande, tinhamos que parar sempre em vagas mais afastados dos estacionamentos. Quando iamos empurrando o carrinho de compras de mercado pro carro, o carrinho deu um tranco e ficou empacado no meio do estacionamento. Pensei que tivesse quebrado a roda. Quando fui verificar, descobri que tinha um sensor de distãncia instalado nas rodas do carrinho de compras (!) que não deixava ele funcionar no estacionamento. Quem ia imaginar?! Não teve jeito. Tivemos que trazer o motorhome até o carrinho de compras. :P


Nosso primeiro café da manhã na nossa nova casa móvel.




Na estrada, passamos novamente na frente do Six Flags. Nesse momento, o Cláudio teve uma náusea repentina. Ele adorou as montanhas russas. -_-





Não sabíamos o que era isso. Uma das possibilidades que foi levantada e aceita pelo grupo é que era uma plantação de canudos (eles têm que vir de algum lugar, certo?).



Esse bichinho foi a compra mais útil da viagem. Fizemos tudo com esse GSP da Garmin.


A caminho de Yosemite. Tivemos que encher o tanque, porque lá dentro não tem posto de abastecimento. 


Chegamos ao parque já de noite. Aqui parecia filme de terror. Não tinha uma alma viva no camping (já morta eu não sei O_o). Nem funcionários. Tinha uma plaquinha dizendo pra você pegar o dinheiro da diária, colocar em um envelope e depositar em uma urna, que depois (no verão talvez) alguém ia recolher. Estava realmente muito frio. No caminho vimos uma coisa clara cobrindo o chão, mas só confirmamos que era neve no outro dia. Mas eu tive que sair pra tentar umas fotos de noite e de manhã ao nascer do sol. Os dedos do pé estavam doendo de frio, mas quando percebi que eles pararam de doer, voltei pro motorhome e liguei o aquecedor rapidinho. 






Isso foi interessante. Sem querer, repirei perto da lente. Ela embaçou de um jeito bizarro por causa do frio e resolvi bater umas fotos antes de limpá-la. Deu nesse efeito aí.



Rasputim da Silva.


Aqui não precisa de comentários, certo?





Depois de duas noites no parque, fomos para uma região de vinhedos muito bonitinha. Mas vinho mesmo gostoso devia estar em falta, porque os que a gente provou...






Usamos o netbook da Rachel pra falar com a família pelo Skype a viagem toda. Muito útil. R$0,06 por minuto, pra qualquer número, fixo ou celular (Ê merchandise descarado). 



No meio dos vinhedos, conhecemos a cidade de Calistoga. Talvez uma das surpresas mais agradáveis da viagem. Uma cidadezinha bem acolhedora, tanto que resolvemos acampar nela nessa noite.


Havia algumas Árvores dos Amores Passados na cidade. Com os papéis de recados laranjas, ficavam lindas. Mas era meio deprê.



Já em São Francisco! Moraria fácil nessa cidade. A parte turística mesmo não tem nada demais, mas a cidade é muito boa. Cheia de morrinhos (tipo BH), com bonde, prédios baixos coloridos e outros com visual bem antigo... Gostei muito de lá!







Fomos no Monterey Bay Aquarium. Um aquário gigante! Entramos nele já no final do dia e tivemos que ver tudo correndo! Mas recomendo muito esse passeio. Ele tem uns aquários enormes, com correnteza, onda, tubarões, arraias...







Carmel foi outra cidadezinha mais charmosa impossível. Imagina almoçar na calçada com sua família igual a esses aí embaixo.





Visual da Big Sur, trecho da Highway One, bem na costa mesmo.


Depois seguimos para San Simeon, onde tem um castelo muito louco que um bilionário da comunicação construiu na década de vinte, o Hearst Castle.




Não lembra A Última Ceia de da Vinci?





E até Los Angeles, passamos por San Luis Obispo, Solvang e Santa Bárbara.






E a nossa Última Ceia em Los Angeles. :(



Acabou! Em resumo, a viagem foi sensacional.
Agora com outros planos mais ambiciosos para executar.
Aguardem ótimas novidades em breve!